Passar para o Conteúdo Principal Top
Mostrar links rápidos
Câmara Municipal de Murça
Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã

PRESIDENTE: Mário Artur Lopes

Presidente - Mário Artur Lopes

Cargo:  Presidente da Câmara Municipal

Força Política: PSD

E-mail: presidente.marioartur@cm-murca.pt

E-mail (GAP): gap@cm-murca.pt

 

Telefone do GAP: 259 510 132

 

Chefe de Gabinete: (não tem)

Adjunto: Avelino José Marques dos Santos

Secretário: (não tem)


  • Competências e distribuição de funções

    1 - Compete ao presidente da Câmara Municipal:


    a) Representar o município em juízo e fora dele;
    b) Executar as deliberações da câmara municipal e coordenar a respetiva atividade;
    c) Dar cumprimento às deliberações da assembleia municipal, sempre que para a sua execução seja necessária a intervenção da câmara municipal;
    d) Elaborar e manter atualizado o cadastro dos bens móveis e imóveis do município;
    e) Participar ao Ministério Público as faltas injustificadas dos membros da câmara municipal, para os efeitos legais;
    f) Aprovar os projetos, programas de concurso, cadernos de encargos e a adjudicação de empreitadas e aquisição de bens e serviços, cuja autorização de despesa lhe caiba;
    g) Autorizar a realização das despesas orçamentadas até ao limite estipulado por lei ou por delegação da câmara municipal, com a exceção das referidas no n.º 2 do artigo 30.º;
    h) Autorizar o pagamento das despesas realizadas;
    i) Comunicar, no prazo legal, às entidades competentes para a respetiva cobrança o valor da taxa do imposto municipal sobre imóveis, assim como, quando for o caso, a deliberação sobre o lançamento de derramas;
    j) Submeter a norma de controlo interno, bem como o inventário dos bens, direitos e obrigações patrimoniais do município e respetiva avaliação, e ainda os documentos de prestação de contas, à aprovação da câmara municipal e à apreciação e votação da assembleia municipal, com exceção da norma de controlo interno;
    k) Enviar ao Tribunal de Contas os documentos que devam ser submetidos à sua apreciação, sem prejuízo do disposto na alínea ww) do n.º 1 do artigo 33.º;
    l) Assinar ou visar a correspondência da câmara municipal que tenha como destinatários quaisquer entidades ou organismos públicos;
    m) Convocar, nos casos previstos no n.º 4 do artigo 40.º, as reuniões ordinárias da câmara municipal para o dia e hora marcados e enviar a ordem do dia a todos os outros membros;
    n) Convocar as reuniões extraordinárias;
    o) Estabelecer e distribuir a ordem do dia das reuniões;
    p) Abrir e encerrar as reuniões, dirigir os trabalhos e assegurar o cumprimento da lei e a regularidade das deliberações;
    q) Suspender ou encerrar antecipadamente as reuniões, quando circunstâncias excecionais o justifiquem, mediante decisão fundamentada a incluir na ata da reunião;
    r) Representar a câmara municipal nas sessões da assembleia municipal;
    s) Responder, em tempo útil e de modo a permitir a sua apreciação na sessão seguinte da assembleia municipal, aos pedidos de informação apresentados por esta;
    t) Promover a publicação das decisões ou deliberações previstas no artigo 56.º;
    u) Promover o cumprimento do Estatuto do Direito de Oposição e a publicação do respetivo relatório de avaliação;
    v) Dirigir, em articulação com os organismos da administração pública com competência no domínio da proteção civil, o serviço municipal de proteção civil, tendo em vista o cumprimento dos planos de emergência e programas estabelecidos e a coordenação das atividades a desenvolver naquele âmbito, designadamente em operações de socorro e assistência na iminência ou ocorrência de acidente grave ou catástrofe;
    w) Presidir ao conselho municipal de segurança;
    x) Remeter à assembleia municipal a minuta das atas e as atas das reuniões da câmara municipal, logo que aprovadas;
    y) Enviar à assembleia municipal, para os efeitos previstos na alínea c) do n.º 2 do artigo 25.º, toda a documentação, designadamente relatórios, pareceres, memorandos e documentos de igual natureza, incluindo a respeitante às entidades abrangidas pelo regime jurídico da atividade empresarial local e das participações locais, quando existam, indispensável para a compreensão e análise crítica e objetiva da informação aí inscrita.


    2 - Compete ainda ao presidente da câmara municipal:


    a) Decidir todos os assuntos relacionados com a gestão e direção dos recursos humanos afetos aos serviços municipais;
    b) Designar o trabalhador que serve de oficial público para lavrar todos os contratos nos termos da lei;
    c) Modificar ou revogar os atos praticados por trabalhadores afetos aos serviços da câmara municipal;
    d) Gerir os recursos humanos dos estabelecimentos de educação;
    e) Promover a execução, por administração direta ou empreitada, das obras, bem como proceder à aquisição de bens e serviços;
    f) Outorgar contratos em representação do município;
    g) Intentar ações judiciais e defender-se nelas, podendo confessar, desistir ou transigir, se não houver ofensa de direitos de terceiros;
    h) Praticar os atos necessários à administração corrente do património do município e à sua conservação;
    i) Proceder aos registos prediais do património imobiliário do município, bem como a registos de qualquer outra natureza;
    j) Conceder autorizações de utilização de edifícios;
    k) Embargar e ordenar a demolição de quaisquer obras, construções ou edificações, efetuadas por particulares ou pessoas coletivas, nos seguintes casos:
    i) Sem licença ou na falta de qualquer outro procedimento de controlo prévio legalmente previsto ou com inobservância das condições neles constantes;
    ii) Com violação dos regulamentos, das posturas municipais, de medidas preventivas, de normas provisórias, de áreas de construção prioritária, de áreas de desenvolvimento urbano prioritário ou de planos municipais de ordenamento do território plenamente eficazes;
    l) Ordenar o despejo sumário dos prédios cuja expropriação por utilidade pública tenha sido declarada;
    m) Conceder licenças policiais ou fiscais, nos termos da lei, regulamentos e posturas;
    n) Determinar a instrução dos processos de contraordenação e aplicar as coimas, com a faculdade de delegação em qualquer dos outros membros da câmara municipal;
    o) Dar conhecimento à câmara municipal e enviar à assembleia municipal cópias dos relatórios definitivos resultantes de ações tutelares ou de auditorias sobre a atividade da câmara municipal e dos serviços do município, no prazo máximo de 10 dias após o recebimento dos mesmos;
    p) Conceder terrenos, nos cemitérios propriedade do município, para jazigos, mausoléus e sepulturas perpétuas.
    3 - Em circunstâncias excecionais, e no caso de, por motivo de urgência, não ser possível reunir extraordinariamente a câmara municipal, o presidente pode praticar quaisquer atos da competência desta, ficando os mesmos sujeitos a ratificação na primeira reunião realizada após a sua prática, sob pena de anulabilidade.
    4 - Da informação prevista na alínea c) do n.º 2 do artigo 25.º devem constar o saldo e o estado das dívidas a fornecedores e as reclamações, recursos hierárquicos e processos judiciais pendentes, com indicação da respetiva fase e estado.

  • Contactos

    Câmara Municipal de Murça

    Paços do Concelho
    Praça 5 de outubro
    5090-112 Murça

    E-mail: presidente.marioartur@cm-murca.pt

    E-mail (GAP): gap@cm-murca.pt

    Telefone GAP: 259 510 132

    Telefone (atendimento geral): 259 510 120

  • Declaração Patrimonial

    As respetivas Declarações de Inexistência de Incompatibilidades ou Impedimentos, declarações patrimoniais e registo de interesses, do Presidente de Câmara e dos restantes membros do executivo, ao abrigo do n.º 1 do art. 10.º da Lei n.º 64/93, de 26 de agosto, com as alterações das Leis n.º 28/95, de 18 de agosto e n.º 12/98, de 24 de fevereiro, encontram-se emitidas junto do Tribunal Constitucional.


    Documentos para download:


    Declaração de Rendimentos, Património e Cargos Sociais dos Titulares de Cargos Políticos e Equiparados

     

    (Documento enviado ao Tribunal Constitucional em 04.12.2017)

  • Nota biográfica

    Nasceu em Murça, há 50 anos, local onde sempre residiu. Casado, dois filhos. O seu percurso académico passou pela Faculdade de Economia do Porto, onde se licenciou em Economia. Exerceu funções de responsável administrativo e financeiro em várias empresas da região, com ênfase na fileira do vinho e da vinha. Foi vereador da Câmara Municipal de Murça, entre 2002 e 2006. Foi, também, Presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Murça.
    Desde Setembro de 2006, exerce o cargo de Diretor Geral da Adega Cooperativa de Murça, CRL.

    Atualmente é Presidente da Câmara Municipal de Murça.

  • Registo de interesses

    Para cumprimento do disposto no artigo n.º 7ºA, da Lei n.º 64/93, de 26 de Agosto, aditado pela Lei n.º 28/95, de 26 de Agosto, procede-se ao registo de interesses dos membros do executivo, designadamente, do Sr. Presidente da Câmara Municipal, Mário Artur Correia Lopes.
    Mais se informa que, sendo facultativo o registo de interesses no âmbito das autarquias locais, conforme decorre do disposto no n.º 1 do art. 7º-A do diploma supra identificado, a Assembleia Municipal ainda não procedeu à aprovação da sua regulamentação.
    Procede-se, assim, à inscrição dos factos relevantes para efeitos de registo de interesses, relativos ao membro acima identificado: