Passar para o Conteúdo Principal Top
Mostrar links rápidos
Câmara Municipal de Murça
Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã

Autarquia constitui equipa para combater insucesso escolar

Autarquia constitui equipa para combater insucesso escolar 1 1024 2500
04 Outubro 2018

A câmara de Murça constituiu uma equipa multidisciplinar com o objetivo de combater o insucesso escolar no concelho.

Este grupo, constituído por duas psicólogas, dois assistentes sociais, uma técnica de informação e comunicação e uma jurista, iniciou funções no mês de setembro.

Segundo Mário Artur Lopes, presidente da Câmara Municipal de Murça, “este projeto é mais uma ferramenta de trabalho de apoio ao funcionamento do sistema educativo. É mais um investimento visível que a autarquia faz na educação, indispensável, não apenas para a qualidade do ensino, mas também para o futuro do concelho e seu desenvolvimento social e económico. Não concebo desenvolvimento ou progresso se a educação não estiver na base de tudo”.

Este é um projeto integrado e inovador de combate ao insucesso escolar, que irá compreender uma série de ações, destinadas aos alunos e às suas famílias.

Os técnicos integrados no projeto irão acompanhar os alunos de diversas formas, envolvendo sempre as famílias neste projeto. O objetivo principal prende-se em melhorar o percurso escolar dos estudantes reforçando a sua formação com outras competências escolares e profissionais.

O grupo de trabalho é totalmente constituído por jovens do concelho, que estão a experienciar um regresso às origens e que se mostram bastante satisfeitos por poderem contribuir para o combate deste problema na comunidade de que sempre fizeram parte.

Na prática, as psicólogas e os assistentes sociais farão um acompanhamento mais direto das crianças e dos jovens do agrupamento, através de ações como atendimentos abertos, orientação vocacional e apoio tutorial específico. A jurista terá a tarefa de trabalhar questões relacionadas com procedimentos disciplinares e responsabilidades parentais, bem como lidar com quaisquer incidências jurídicas decorrentes das intervenções da equipa multidisciplinar. Já a técnica de TIC estará incumbida de coordenar uma “Sala do Futuro”, que irá ser criada no âmbito deste projeto e que pretende disponibilizar aos docentes do agrupamento ferramentas tecnológicas inovadoras, que lhes possam ser úteis no trabalho em sala de aula.

No âmbito do desenvolvimento da relação Escola-Família, será reativado o projeto “Escola de Pais”. Esta iniciativa, que terá uma periodicidade semanal, procurará explorar atividades e temáticas que sejam do interesse dos pais e dos encarregados de educação, sempre tendo em vista a melhoria da relação entre a escola e os pais e, naturalmente, dos resultados escolares dos alunos.

Este é um projeto que terá a duração de três anos letivos.

 

Fonte: Jornal "A Voz de Trás-os-Montes" (04.10.2018)