Passar para o Conteúdo Principal Top
Mostrar links rápidos
Câmara Municipal de Murça
Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã

Câmara avança com a requalificação de espaço público no Bairro do Pinheirinho

Câmara avança com a requalificação de espaço público no Bairro do Pinheirinho
img_0004
img_0006
img_0010
img_0013
img_0014
img_0016
img_0018
img_0020
img_0024
img_0025
img_0027
img_0028
img_0032
img_0033
img_0035
img_0039
planta1
18 Outubro 2019

A Câmara Municipal de Murça iniciou recentemente os trabalhos para requalificar uma zona de espaço público, situada no Bairro do Pinheirinho, na freguesia de Murça, uma obra já há muito esperada pelos moradores.

A empreitada a levar a cabo prevê a construção/requalificação numa área de intervenção com 5.461,12 m2, que corresponde ao espaço público do lado norte do Bairro do Pinheirinho da Freguesia de Murça e a criação de zonas de estacionamento, lazer e uma escadaria. Este bairro descaracterizado, é possuidor de uma paisagem deslumbrante sobre os vinhedos e as serras que o envolvem.

A zona alvo de intervenção é constituída por um recinto envolvente à Capela de S. Tiago e de um espaço em talude sem qualquer utilização. Estes espaços apresentam-se, bastante desqualificados e com graves problemas de segurança na sua utilização, na medida em que não possuem qualquer tipo de guarda ou vedação impeditivos de quedas.

É assim objetivo da Câmara Municipal que com a intervenção agora iniciada, com a realização de um conjunto de intervenções em diversas áreas, se possibilite a reorganização da área urbana e enquadramento da envolvente bem como dignificar o espaço e a sua zona envolvente.

Pretende-se ainda intervir no sentido de potenciar este espaço que assume uma localização privilegiada na malha urbana da vila de Murça, reforçando o seu caráter de espaço de proximidade e evidenciado o seu carater de zona de miradouro sobre a vila.

Toda a intervenção tem por objetivo criar controlo visual em relação à paisagem e às construções existentes sendo que o prazo de execução para a empreitada é de duzentos e quarenta dias e ronda um investimento que irá ultrapassar os 200 mil euros, sendo que 85% deste valor é comparticipado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).