Passar para o Conteúdo Principal Top
Mostrar links rápidos
Câmara Municipal de Murça
Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã

A palavra "Murça"

imagem

A origem etimológica da palavra “Murça”, está ainda envolta por um certo desconhecimento.
 
Sem pretendermos tecer opiniões muito vinculativas, achamos conveniente deixar aqui expressas outras de maior valor, que nos forma dadas a conhecer por alguns etimologistas.
 
Correia de Azevedo refere que o nome de Murça dado à própria vila, vem de algum mouro chamado Muça que a tivesse povoado, ou que o seu nome lhe fosse dado pelos “Muçauns”, árabes – africanos, que algumas vezes invadiram a Lusitânia, antes da ocupação da Península Hispânica pelos mouros entre 713 e 716.
 
Por outro lado, David Lopes diz que “Murça” é o nome próprio entre os hebreus, referindo as formas antigas de Moisés, Musa, Muza e Muça.
 
Pedro Machado apresenta a palavra “Murça”, como sendo um vocábulo de origem nebulosa, se bem que pertence à abundante família de palavras românicas, entre as quais o castelhano “muceta” que J. Coronias, (Dicionário Crítico Etimológico de la Lengua Castellana, S.V.), liga ao “b.lat. almucia ou almucium, de origem incierto”.
 
Segundo alguns etimologistas o nome deriva de Ursa, nome antigo que está ligado à lenda da Porca.
Pela análise dos forais e outros documentos régios, verifica-se que a palavra aparecia nas várias formas: “Muça”, “Muçam” e “Mussa”.
Murcense – (de Murça, top.). Relativo a Murça. Natural ou habitante de Murça.

AZEVEDO, Correia de, ob. Cit. LOPES, David,nomes árabes de terras portuguesas, colectânea organizada por José Pedro Machado. Lisboa Sociedade de Língua Portuguesa, 1968.
MACHADO, José Pedro, Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa, 1ª ed., vol. II, p.1557-1558.
SILVA, António de Morais, Grande Dicionário da Língua Portuguesa, 10ª ed., cor. E ac., vol VII. Lisboa: Confluência, 1954, p. 110.z